Recicle, receba e renove: Second Hand é o investimento certo!

Como muitos já sabem, a Faircloset é um e-commerce responsável por facilitar a compra e venda de artigos de luxo Second Hand, com o propósito de expandir o ciclo de vida dos produtos, permitindo que a cada troca de mãos uma nova experiência incrível aconteça.

Nós nos preocupamos com os impactos gerados pela indústria da moda no planeta e acreditamos no consumo consciente como forma de minimizá-lo.

Estamos em uma fase onde a moda possui o papel de influência, por isso, pensamos em desenvolver modelos e negócios que incentivem as pessoas a seguir esse estilo de consumo mais sustentável e ecológico.

O mercado Second Hand vem sendo cada vez mais explorado e aproveitado, pois se tornou uma nova forma de investimento. E, o melhor, investimento que faz a moda circular de forma equilibrada e consciente. Clientes de marcas renomadas compram peças de alto valor e, após um tempo de uso, querem renovar o guarda-roupa, porém não sabem a quem vender, com isso recorrem aos e-commerces de luxo. Ao “desapegar” daquela peça, recuperam parte, ou até mesmo mais do que o valor gasto nela.

A geração Z (nascidos entre 1995 e 2015), mais atenta às questões do meio ambiente, é a responsável por arrancar qualquer resquício de preconceito que ainda pudesse existir em relação ao hábito de comprar peças de segunda mão. O fato de serem jovens nativos digitais também ajudou. Os canais digitais foram essenciais nessa mudança de paradigma. Vale saber que, no Brasil, a abertura de empresas que vendem usados aumentou 48,58% nos seis primeiros meses dos anos de 2020 e de 2021 – o maior número em seis anos, segundo o Sebrae.

E o mercado de revenda está sendo apresentado como uma primeira iniciativa sustentável para esses clientes.

Em uma matéria para o site Morning Brew, o CEO da ThredUp, James Reinhart, diz que, quando se trata de meio ambiente e estratégia de varejo, as peças de segunda mão são perfeitas. 

Um estudo chamado Second Hand Effect, revelou inclusive, que as transações feitas até 2019, já pouparam a emissão de 6 milhões de toneladas de CO² na atmosfera.

Frente à crise climática que enfrentamos, podemos dizer com toda certeza, que o mercado de moda de segunda mão está aqui para ficar. Há uma clara tendência na priorização de roupas e acessórios de moda que já existem versus a compra de itens novos. Essa mudança de mindset é extremamente benéfica para o planeta e para as pessoas envolvidas na cadeia de produção da moda.

Que tal criarmos um grande movimento de mudança de hábitos de consumo? Faça parte do mundo Faircloset! Descubra como comprar e vender com a gente <3